VEJA- O deputado estadual Amauri Ribeiro (PRP-GO) explica o motivo de colocar a esposa em seu colo dentro do plenário da Assembleia Legislativa de Goiás.

Não são as vestes de um homem que definem seu caráter, visto que os maiores ladrões desse País usam terno e gravata e com certeza nunca usaram uma botina e um chapéu.

A solenidade da posse dos deputados eleitos, realizada na última sexta-feira (1º), não passou despercebida e continua movimentando as conversas de internautas nas redes sociais e em portais de notícias. Um dos tópicos de discussão é o deputado estadual Amauri Ribeiro (PRP-GO), que chamou a atenção durante a solenidade ao colocar a esposa no colo durante a cerimônia.

Amauri afirmou que usou o chapéu para mostrar seu estilo: “Meu estilo já fala: sou produtor rural e vou defender a classe”. Durante a cerimônia, ele retirou o acessório apenas durante a execução do hino nacional.

Mas o que chamou mais atenção foi sua esposa em seu colo dentro do plenário da Assembleia Legislativa de Goiás. Ao testemunharem a cena, muitos criticaram duramente o parlamentar. “O cara trata a mulher como prêmio, como prioridade dele. Muito ódio!”, disse um. “Que pena essa mulher se sujeitar a isso”, disse outro.

Através de vídeo publicado em sua página oficial no Facebook, no último sábado (2), Amauri afirmou que a esposa cedeu o lugar onde estava para uma senhora. “Meu chapéu vai permanecer na minha cabeça, pois isso não muda quem sou, não são as vestes de um homem que definem seu caráter, visto que os maiores ladrões desse País usam terno e gravata e com certeza nunca usaram uma botina e um chapéu [sic]”, disse no vídeo.

Fonte: Redação A VOZ DO POVO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here