Jogador do Paranoá-DF, após ir bem no clássico, Erick gera expectativa no Vila Nova: “Reforço de altíssima qualidade”

Segundo Márcio Dias, auxiliar que escalou jovem atacante como titular no clássico contra o Goiás, garoto da base tem tudo para despontar: “Vai ser uma das grandes revelações”

Erick deverá seguir no time titular do Vila — Foto: Comunicação / Vila Nova
Erick deverá seguir no time titular do Vila — Foto: Comunicação / Vila Nova

Principal novidade do Vila Nova no clássico contra o Goiás, disputado no último domingo, o atacante Erick, de 18 anos, deve ser mantido na formação inicial do Tigrão para o duelo desta quarta, em Patos de Minas, contra a URT, pela Copa do Brasil.

A partida marcará a estreia do treinador Eduardo Baptista no time colorado e, se depender da “propaganda” do auxiliar técnico Márcio Dias, Erick terá muito futuro no Vila. Márcio comandou o time na última rodada do Campeonato Goiano e promoveu a estreia do jovem como titular.

Antes do clássico, Erick havia atuado poucos minutos contra a Aparecidense. Diante do Goiás, ele deixou boa impressão. Para Márcio Dias, o Vila Nova ganhou um “reforço de altíssima qualidade”.

– Nós ganhamos um reforço de altíssima qualidade que é o Erick. Eu tenho certeza que ele surpreendeu todo mundo com a atuação. Nós temos certeza que com tempo ele vai evoluir, ajustar alguns detalhes. O futebol de hoje exige muito do que o Erick tem para oferecer, de transição e velocidade – comentou Márcio Dias.

Segundo o auxiliar técnico, que compõe a comissão permanente comandada agora por Eduado Baptista, Erick já deveria ter recebido mais oportunidades. Márcio Dias acredita que o jovem será uma grande revelação.

– Eu acredito que ele deveria até ter até estreado antes. Já deveria ter muita “minutagem”. Ele vai trazer muito retorno técnico e financeiro no futuro. Vou ser ousado, mas podem escrever: o Erick vai ser uma das grandes revelações do futebol brasileiro. Ele é um estilo de jogador que está em extinção.

Paulo Gucci

É um bom jogador, tem tudo pra ser um grande jogador, mas infelizmente tem dois poréns, primeiro, o Vila Nova só renovou o contrato dele por mais 12 meses e segundo, se aparecer qualquer time e oferecer 300 400 500 contos o Vila entrega na hora, pois é um péssimo negociador de jogador, está no DNA. Já o Goiás vende qualquer cabeça de bagre por milhões, até o Atlético está vendendo bem seus jogadores, mas o Vila Nova nunca aprende, paciência, um dia aparece alguém, relatou o torcedor.

Fonte:  GloboEsporte.com — Goiânia/Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here