AVÓ VEM SE DESPEDIR DA FILHA, VÍTIMA DE FEMINICÍDIO EM SOBRADINHO II-DF

A menina de 9 anos pediu socorro, mas a mulher acabou morrendo após levar ao menos cinco golpes de faca. O suspeito é o companheiro dela, que está foragido. O relato sobre o desespero da garota é do motorista Fábio Henrique Gonçalves, 44, um dos vizinhos que tentou socorrer a mulher. Ele conta que ouviu a criança pedir socorro, mas, no início, pensou se tratar de “brincadeira”.

Reprodução/Internet
REPRODUÇÃO/INTERNET

Quando Fábio Gonçalves chegou à casa, porém, se deparou com uma grande quantidade de sangue e viu a vítima agonizando. Afirma ainda ter presenciado Luiz Filipe Alves de Souza, 20, o suspeito, momentos antes do assassinato. Segundo o motorista, ele fugia sujo de sangue. Câmeras de segurança divulgadas pela Polícia Civil mostram o momento em que o suspeito sai correndo pela rua.

Os vizinhos chamaram os bombeiros. “Ela [Luana] gritava: ‘Me acode, me acode’”, conta Fábio Gonçalves. “Tentei falar para ficar calma, mas demorou muito a chegar. Ela foi socorrida agonizando”, acrescenta. O Corpo de Bombeiros informou, por meio de nota, que o tempo de deslocamento e início do atendimento à vítima foi menor do que 30 minutos.

A família de Luiz Filipe afirma que ficou “em estado de choque” ao saber do crime. O casal vivia no mesmo lote que os familiares do suspeito, localizado na Quadra 5 de Sobradinho II. Já a mãe da vítima reside na Bahia.

Uma familiar, que não quis se identificar, conta que a única filha de Luiz Filipe e Luana, de 1 ano e 2 meses, vai permanecer na casa. Já as outras três crianças, de 7, 8 e 9 anos, estão na residência do pai, ex-companheiro da vítima. “A gente não esperava isso. Ele nunca foi uma pessoa assim”, lamenta. “Os dois estavam juntos há muito tempo e ela era parte da nossa família também. Ele deve estar muito arrependido”, acrescenta.

 

Fonte: Metrópoles/Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here