Veja: Polícia Federal faz busca e apreensão de documentos no MDB do DF

Agentes da Polícia Federal estiveram nesta terça-feira (21) na sede do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) do Distrito Federal, onde realizaram busca e apreensão de documentos.

Foto: Arquivos da Polícia Federal

Agentes da Policia federal, realizam nessa tarde de terça-feira(21/05) uma operação de busca e apreensão na sede do MDB regional do distrito federal, situado no Edifício Assis Chateaubriand, no Setor de Rádio e TV Sul. A investida está relacionada a apurações sobre candidaturas laranjas de mulheres nas eleições de 2018.

Foto: Arquivos da Polícia Federal

O partido estava sob a coordenação de Tadeu Felipelli, vice-governador de Brasília na gestão de Agnelo Queiroz, que na época era governador. Tadeu Fillippeli até hoje responde a um processo na Operação Lava Jato por receber propina de R$6,5 milhões nas obras do Estádio Nacional Mané Garrincha, na época Tadeu Felipelli Chegou a ser preso pela Polícia Federal e aguarda julgamento.

Foto: presidente Rafael Prudente está participando de uma viagem oficial pela Câmara Legislativa a Portugal

Rafael Prudente foi eleito no dia 6 de maio presidente da legenda, e Éricka Filippelli vice- Presidente, antes de ser secretária no governo Ibaneis, passou pela Secretaria de Políticas para Mulheres do Ministério dos Direitos Humanos. Ela também foi presidente regional do MDB Mulher no DF durante 8 anos, juntos só assumiram o partido do MDB-DF, dia 31/05. O presidente Rafael Prudente está participando de uma viagem oficial pela Câmara Legislativa a Portugal, e até o momento não se manisfestou sob a ação da Polícia Federal.

Fonte: Flávio Rodrigues/ Redação A Voz do Povo-DF

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here