O CONSELHO DE DESENVIMENTO DO DISTRITO FEDERAL – CDDF, APROVA CURSOS DE CAPACITAÇÃO DIGITAL, GRATUITOS, EM 12 RAs DO DF

As RAs contempladas serão o ITAPOÃ, PARANOÁ, VARJÃO, PLANALTINA, FERCAL, SÃO SEBASTIÃO, RECANTO DAS EMAS/ÁGUA QUENTE, PLANALTINA, RIACHO FUNDO I, GAMA, BRAZLÂNDIA, ARNIQUEIRA E SAMAMBAIA.

O Conselho de Desenvolvimento do Distrito Federal – CDDF anunciou, através de seu presidente Eugênio Piedade, juntamente com o Vice-Presidente Hélio Rosa, o Presidente do CONVIDA Edimilson Carvalho e o Deputado Distrital Martins Machado, em reunião realizada nesta semana em sua sede, com a presença de mais de 80 Conselheiros, que aprovou projeto para realizar 12 Cursos de Capacitação Digital na área de informática aplicada, em 12 Regiões Administrativas do Distrito Federal (RAs), totalmente gratuitos, denominado JOVEM MEI DIGITAL.

Como o próprio nome já diz, o CDDF está trazendo desenvolvimento para as Regiões Administrativas mais necessitadas do Distrito Federal e para os jovens menos favorecidos, capacitando-os para o mercado de trabalho, numa das áreas mais importantes do mundo atual: a informática aplicada. As RAs contempladas serão o ITAPOÃ, PARANOÁ, VARJÃO, PLANALTINA, FERCAL, SÃO SEBASTIÃO, RECANTO DAS EMAS/ÁGUA QUENTE, PLANALTINA, RIACHO FUNDO I, GAMA, BRAZLÃNDIA, ARNIQUEIRA E SAMAMBAIA.

Tamanho feito só está sendo possível graças ao projeto desenvolvido pelo CDDF e ao apoio do Deputado Distrital Martins Machado, que destinou uma emenda parlamentar, especialmente para favorecer e capacitar esses jovens para o mercado de trabalho.

Serão 50 vagas por curso, em cada RA acima citada, totalizando 600 jovens diretamente e mais de 16.200 (dezesseis mil e duzentas) pessoas impactadas, com um recursos da ordem de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para cada RA, a serem investidos por curso, com alto nível de capacitação e profissionalização. É um curso profissionalizante, onde os jovens vão adquirir conhecimentos de utilização de ferramentas na área de informática, para se inserirem no mercado de trabalho.

 

O Deputado Martins Machado, explicando porque escolheu o CDDF para destinar sua emenda para a realização dos cursos, tendo o Presidente Eugênio Piedade ao seu lado direito (esquerda da foto) e o Vice-Presidente Hélio Rosa a sua esquerda.

Márcia Maia, Secretária de Valorização Social do CDDF e também Subsecretária de infraestrutura da Secretaria de Turismo do Distrito Federal

Estiveram presentes à reunião, o presidente Eugênio Piedade o Vice-Presidente Hélio Rosa, o Presidente do “Convida” Edimilson Carvalho, o Deputado Distrital Martins Machado, a Assessora Especial e esposa do Presidente, Sra. Maria Angélica de Castro, a Secretária de Valorização Social do Conselho, Sra. Márcia Maia, também Subsecretária de infraestrutura da Secretaria de Turismo do Distrito Federal, o Diretor de Inovação Dian Alves, o Diretor de Marketing Digital Thiago Lucero, o Diretor de Comunicação Manoel Araújo, Rene Nonato Superintendente da RIDE Norte e mais de 80 Conselheiros que integram o CDDF, o quê seria impraticável citar todos aqui.

Acima, alguns dos integrantes do Conselho de Desenvolvimento do Distrito Federal – CDDF, que estiveram presentes na reunião que anunciou o grande projeto Jovem MEI Digital, no domingo, dia 13, com a presença de mais de 80 conselheiros.

O Conselho de Desenvolvimento do DF (CDDF) é uma organização da sociedade civil,
sem personalidade jurídica, formado por pessoas de boa vontade, expoentes de nossa sociedade, entre empresários, funcionários públicos, jornalistas, militares, autoridades, intelectuais e gente de todas as profissões, que trabalham com gestão compartilhada junto ao setor público, setor privado e terceiro setor em projetos de desenvolvimento para o Distrito Federal, com o objetivo principal de trazer desenvolvimento e qualidade de vida para toda a população do DF e entorno.

O CDDF originou-se na criação da Região Norte, com 11 cidades integrantes, na sede do Siderbrás, no SAS Quadra 2. A partir daí foram surgindo interessados para criarem também em suas regiões. O CDDF é uma instituição da sociedade civil, sem personalidade jurídica, conforme já dissemos, onde seus integrantes têm como funções a mobilização social, a articulação institucional, treinamento e ações feitas pelos Presidentes, Vices, Secretários, Superintendentes, Presidentes Locais, Diretores e Assessores, para trazer desenvolvimento para o Distrito Federal e Entorno, em princípio.

Muito além do grande projeto aqui anunciado, o CDDF tem vários outros projetos em andamento para aprovação e captação de recursos através de emendas parlamentares, apoios, patrocínios, órgãos governamentais, organizações internacionais, governos estrangeiros, doações e outros, para criar e realizar projetos como também o ATUAR, cuja sigla quer dizer ATITUDE, UNIÃO, AMOR e RESPEITO, que visa implementar um programa de enfrentamento e conscientização quanto ao absurdo da violência contra a mulher, cada vez mais crescente em nossa sociedade, através de trabalhos e palestras em escolas públicas e outros locais, com atividades pedagógicas e outras. Tem também em andamento para aprovação o projeto REDUZIR DESPERDÍCIO, que tem como objetivo um programa de capacitação de multiplicadores para a redução do desperdícios do uso da água, energia e resíduos sólidos ou orgânicos.

Assim o CDDF propõe gestão compartilhada com o setor público, setor produtivo e terceiro setor em projetos de desenvolvimento para toda a população, com a seguinte estrutura compartilhada: 01 Conselho que integra todas as regiões leste, oeste, centro e RIDE Norte e Sul.

São 06 Superintendências que coordenam 34 regiões administrativas no DF e 33 nos municípios do Goiás e Minas, da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE). Cada Conselho de Desenvolvimento Local possui em média 17 membros, somando mais de 1.000 (mil) conselheiros nos quadros do CDDF.

Acima, o Deputado Distrital Martins Machado, ladeado pelo Presidente do CDDF, Eugênio Piedade e a 1ª Dama, Angélica Castro.

Assim é o CDDF, trazendo desenvolvimento para o Distrito Federal e Entorno! Com caráter apartidário e, talvez até por isso mesmo, com uma adesão impressionante cada vez maior de conselheiros, ultrapassando a casa dos mil, onde os mesmos recebem treinamento para também prospectar e desenvolver projetos para a sua região, proporcionando assim melhoria de vida, educação e desenvolvimento para o Distrito Federal e Entorno, através do programa “Os 5 Passos para o Desenvolvimento”, que: 1) Identifica os “Atores Sociais”, 2) Faz o “Levantamento das Vocações das Cidades”, 3) Ajuda a “Criar o Conselho de Desenvolvimento Local”, 4) Realiza “Cursos para a Formação de Conselheiros”, 5) Ajuda a “Fazer a Elaboração do Plano de desenvolvimento Local”.

Fonte: A voz do Povo-DF com informações Comunicação CDDF/Grupo Olhos de Águia 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here