VEJA: 246 atletas olímpicos e paralímpicos foram contemplados com o programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esporte e Lazer

Em 2020, 246 atletas, sendo 136 olímpicos e 112 paralímpicos foram contemplados com o programa Bolsa Atleta, da Secretaria de Esporte e Lazer, um benefício que garante mais conformo para o atleta de alto rendimento. 

DSC_0152

Segundo o secretario de Esporte e Lazer, Leandro Cruz, este auxílio é fundamental para a formação e permanência do atleta no DF. “Estamos construindo o futuro do esporte de Brasília e, ao mesmo tempo,  dando suporte ao presente do esporte local. Nós temos aqui atletas que serão o futuro do esporte e temos também aqueles que já disputam ciclos olímpicos e paralímpicos recebendo o programa do Bolsa Atleta”, destacou. A entrega do certificado do Bolsa Atleta do GDF 2020 foi realizada na noite desta sexta-feira (14) , no auditório do Colégio Marista João Paulo II, na Asa Norte.

Wendell Belarmino, da natação paralímpica e Bianca Reis, do judô, foram os oradores do evento e representaram os atletas do Distrito Federal. Para o nadador, de 21 anos, que em  2019, conquistou quatro medalhas de ouro e duas de prata nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019 e ouro, prata e bronze no Campeonato Mundial de Natação Paralímpica, em Londres 2019, o programa é essencial para custear o material para treinamento.

DSC_0035

“Graças ao Bolsa Atleta, que ajuda bastante na minha carreira, eu consegui conquistar um título de campeonato mundial. Eu utilizo o benefício para comprar o traje, óculos, nadadeiras e tocas, que são caros”.

A judoca Bianca Reis, 14 anos, que no ano passado se sagrou campeã dos Jogos Escolares, e atualmente é líder do ranking nacional da classe Sub-18, o Bolsa Atleta é fundamental para a evolução e crescimento do esportista.

“O programa ajuda a custear a despesa como academia, suplementação, materiais esportivos e, principalmente, a competir fora do Distrito Federal”, disse. “Para ficar entre os melhores, precisamos estar com os melhores. Por isso as viagens são muito importantes”, concluiu.

DSC_0285

Bolsa Atleta  – O programa oferece auxílio financeiro individual aos atletas e paratletas de rendimento do  Distrito Federal, que obtêm bons resultados em competições nacionais e internacionais de sua modalidade. O programa garante condições mínimas para que se dediquem aos treinamentos e competições: locais, sul-americanas, panamericanas, mundiais, olímpicas e paralímpicas. 

O benefício é concedido pelo prazo de até um ano. O valor mensal de cada bolsa  muda de acordo com a classificação dos atletas e dos níveis da modalidade, em acordo com a legislação vigente.  As modalidades e o número de bolsas são determinadas pelas leis nº 2402, de 15/01/1999 e nº 5279, de 24/12/2013.

Este ano, 248 atletas, sendo 136 olímpicos e 112 paralímpicos serão beneficiados com bolsas mensais com duração de um ano.  A previsão de orçamento para  o programa é de R$ 1.817.092,80.  Em 2019,  o custo do programa foi de R$ 1.490.700,00,  que atendeu 224 bolsistas (124 olímpicos e 100 paralímpicos).

 

Modalidades olímpicas atendidas

– Atletismo – Basquete– Ciclismo– Ginástica Artística– Ginástica R. Desportiva – Handebol– Hipismo– Iatismo– Judô– Natação– Saltos Ornamentais– Taekwondo– Tênis de Mesa – Tênis de Quadra– Triathlon– Vôlei

Modalidades paralímpicas atendidas

– Atletismo– Basquete em cadeira de rodas– Parabadminton– Futsal para surdos– Futebol de campo para surdos– Vela adaptada– Vôlei sentado– Vôlei de areia para surdos– Tiro com arco– Futebol de 7– Futebol de 5– Goalball– Tênis de Mesa– Tênis de cadeira de rodas– Bocha– Rúgbi– Ciclismo– Hipismo– Natação– Remo

Com informações BLOG A VOZ DO POVO-DF

Fonte: Secretaria de Estado de Esporte e Lazer

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here