VEJA: Juiz remarca o Julgamento de transexuais para o dia 23/3

O juiz presidente do Tribunal do Júri de Taguatinga remarcou para o dia 23/3/2020, às 09:00 hrs. O crime ocorreu no dia 26 de janeiro de 2017, no final da tarde, no interior do Centro de Distribuição dos Correios, que fica no Setor G Sul, em Taguatinga

Resultado de imagem para O crime ocorreu no dia 26 de janeiro de 2017, no final da tarde, no interior do Centro de Distribuição dos Correios, que fica no Setor G Sul, em Taguatinga

O Tribunal do Júri de Taguatinga iriá julgar, a nesta segunda-feira, 17/2, os réus Daniel Ferreira Gonçalves, nome social Carolina Andrade ou Carol; Deyvisson Pinto Castro, nome social Lohanny Castro ou Lorrane; Greyson Laudelino Pessoa, nome social Bruna Alencar ou Bruna; Francisco Delton Lopes Castro, nome social Samira, e Letícia Oliveira Santos, cada um na sua medida, pelo homicídio triplamente qualificado de Wilson Júlio Suzuki Júnior, nome social Ághata Lios. O juiz presidente do Tribunal do Júri de Taguatinga remarcou para o dia 23/3/2020, às 09:00 hrs

Os réus irão responder pelos crimes previstos nos seguintes artigos do Código Penal: Daniel (Carol) – art. 121, § 2º, incisos I, III e IV, e artigo 157, §2º, inciso I, tudo c/c artigo 69; Deyvisson (Lorrane) – art. 121, §2º, incisos I, III e IV; Greyson (Bruna) e Francisco (Samira) – art. 121, §2º, incisos I, III e IV e Letícia – art. 121, §2º, incisos I, III e IV, c/c art. 29.

 

O crime ocorreu no dia 26 de janeiro de 2017, no final da tarde, no interior do Centro de Distribuição dos Correios, que fica no Setor G Sul, em Taguatinga. Os acusados, fazendo uso de instrumentos pérfuro-cortantes, desferiram golpes em Wilson (Ághata Lios), causando-lhe ferimentos e levando-o à morte, supostamente em decorrência da disputa pelo ponto de prostituição. Letícia Santos é acusada de ser a mandante do crime.

Com informações BLOG A VOZ DO POVO-DF

Fonte: TJDFT

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here